quinta-feira, janeiro 05, 2012

triagem


Pelo caminho vão ficando algumas.

É a «lei» da vida e não há volta a dar.

Não significa isto que sejam mais feias que as outras, menos capazes, ou que em futuro próximo não venham a ser chamadas para outros trabalhos que estamos já a desenvolver, mas...

Acontece que houve imensas candidatas que não deram grande importância às fotografias que nos enviaram para apreciação e isso pesou imenso nas decisões; outras, pura e simplesmente, nalguns diálogos que provocámos (de propósito!), revelaram-se nada espertas e até, nalguns casos mais agudos, sem qualquer noção de bom-senso. Outras, de modo absurdo, mostraram mesmo má-educação e foram grosseiras.

Para quem deseja seguir uma carreira que é acima de tudo de contacto com o público e de relações públicas,  imenso trabalho e imensa disciplina, empinar o nariz sem motivo algum não é nem será nunca a melhor forma de afirmar a sua personalidade e de obter êxito.



Sem comentários: